Durante Missa Sertaneja, Mister Cowboy entroniza imagem de N. Sra. Aparecida

Celebração foi realizada no Parque do Peão de Barretos

 
Na noite do dia 22 de agosto, foi celebrada pela décima quarta vez a Missa Sertaneja no Parque do Peão, durante a 62ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos.
 
 
A Eucaristia foi presidida pelo padre Ronaldo Miguel, vice-reitor do Seminário Maior em São José do Rio Preto/SP, no Rancho do Peãozinho, espaço dedicado às crianças no Parque do Peão.
 
No início da missa, a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi entronizada pelo Mister Cowboy Brasil 2017, Paulo César Martimiano, e pela Rainha Os Independentes 2017, Tatiane Boiani. Paulo representou os peões de boiadeiro que fizeram da santa sua patrona e Tatiani representou a Associação Os Independentes (organizadora do evento) que proporciona momentos de espiritualidade, devoção e fé na Festa do Peão.
 
 
Durante a homilia, o padre Ronaldo destacou a Festa de Nossa Senhora Rainha celebrada pela Igreja na data, e contou que foi indagado numa entrevista da imprensa de que como era possível se realizar uma missa num lugar onde as pessoas comem e bebem e ele respondeu que “na verdade a Eucaristia é uma festa”. “Eucaristia também é comida e bebida. Comer do Senhor e beber do seu sangue é se alegrar pela Sua presença como a Festa (...). Portanto, hoje é dia de alegrar-se como Nossa Senhora se alegra. (...) Tem festa também no céu onde os anjos coroam Nossa Senhora, Mãe e Rainha”, ressaltou.
 
 
O sacerdote ainda disse que a Eucaristia era celebrada por vários motivos: em ação de graças pelos 163 anos da cidade de Barretos comemorado no dia 25 de agosto; pela 62ª edição da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos; pelos organizadores do evento, bem como os funcionários, prestadores de serviço, peões, comitivas, artistas etc.; pelas vocações, sobretudo pelos leigos que são a maioria na vida da Igreja que assume sua vocação cristã; pelos 52 universitários e sete acompanhantes que morreram no dia 24 de agosto de 1960, há 57 anos, quando vinham de São José do Rio Preto para se apresentarem no evento, mas morreram em um acidente na ponte do Rio Turvo; por aqueles que perdem a esperança e alegria de viver. Destacou que o motivo maior era celebrar com júbilo a festa dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul. A Virgem Maria, sob o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, é também considerada a padroeira dos peões de boiadeiro. “Particularmente em todo o rodeio há uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, seja discretamente nos bretes, ou mesmo nas atividades iniciais do rodeio onde a imagem é levada para a arena e os peões pedem a sua proteção. Alguns até possuem uma imagem da virgem de Aparecida no seu chapéu”, enfatizou.
 
 
 
 
 
Fotos: Milton Figueiredo